SISTEMA DE ALTA TENSÃO EXIGE CUIDADOS

sistema eletrico$$7172

A principal diferença do sistema elétrico de uma residência unifamiliar para aqueles instalados em edificações que consomem quantidade maior de energia é a complexidade do sistema necessário para alimentar a carga elétrica a partir da rede de distribuição da concessionária. Enquanto uma residência é atendida pela chamada baixa tensão (127V e 220V), uma indústria ou prédio comercial é alimentado em tensão primária de distribuição, que pode ser de 13,8 quilovolts (denominada ‘alta tensão’) e, por isso, exigirá do consumidor a aplicação de uma subestação ou posto de transformação que fará a conversão dessa tensão para os valores de consumo – 127V ou 220V.

“Para as indústrias e dependendo do porte da fábrica, como no caso de uma cimenteira ou siderúrgica, poderá ser exigida tensão de alimentação maior do que 13,8 quilovolts. Esses empreendimentos podem ser atendidos em tensões de 69 quilovolts ou 230 quilovolts, o que torna a instalação bem mais complexa”, explica o engenheiro Joaquim Antonio Dalledone Neto, docente da Universidade Federal do Paraná.