UFPA INAUGURA LABORATÓRIO DE ALTA E EXTRA-ALTA TENSÃO

Nesta sexta-feira, 2 de junho, a Universidade Federal do Pará (UFPA) inaugura, no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá, o Laboratório de Alta e Extra-Alta Tensão. A cerimônia de inauguração ocorre às 10h30, no prédio Espaço Inovação. Trata-se de um centro de pesquisa, que vai oferecer serviços ao mercado de energia regional e, também, atender demandas de formação de mão de obra altamente especializada na área, contribuindo com o ensino e a pesquisa acadêmica.

O laboratório conta com uma área construída de 1.153,7m² e cerca de R$ 16 milhões em investimentos. O Governo Federal, por meio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), investiu mais de R$ 14 milhões na construção do prédio, aquisição e montagem dos equipamentos. O restante do investimento é proveniente da UFPA e do Governo do Estado, que investiu no asfaltamento da área de acesso ao laboratório.

Laboratório Alta Tensão (7)

Com a existência de usinas hidrelétricas de grande porte na Amazônia, o laboratório será o responsável por fornecer para a região uma grande independência na pesquisa, no ensino e nos testes de campo para equipamentos de transmissão e distribuição de energia elétrica. “O Laboratório de Alta Tensão permite que vários recursos da indústria eletro-intensiva, que estavam sendo transferidos para outros Estados, fiquem em nossa região. Ao mesmo tempo, auxilia na formação de recursos humanos em todos os níveis na área de alta tensão, que abrange não somente a engenharia elétrica, mas outras engenharias, como a mecânica, química e civil, favorecendo, a formação regional de técnicos e especialistas, garantindo aumento de recursos para a nossa região”, afirma o coordenador do laboratório, o professor doutor Marcus Vinicius Nunes. O laboratório já operava parcialmente, com a oferta de cursos de formação, mas agora, com a entrega e montagem dos últimos equipamentos, ele será capaz de atender o setor produtivo de maneira mais ampla. Além das grandes empresas que atuam no setor energético instaladas na região, o Laboratório de Alta e Extra-Alta Tensão também vai atender as necessidades de empresas de menor porte, com a realização de testes em painéis elétricos de peuenos fabricantes para o atendimento da construção civil, por exemplo.

Laboratório Alta Tensão (4)

Parque de Ciência e Tecnologia Guamá - Construído em Belém, em uma área de 73ha cedida pela UFPA e UFRA, o PCT Guamá é o primeiro parque tecnológico a entrar em operação na Região Norte. A construção e consolidação do espaço são de responsabilidade do Governo do Pará, por meio da Sectet. Além do Laboratório de Alta e Extra-Alta Tensão, o parque tecnológico conta com outros empreendimentos como o Laboratório da Qualidade do Leite, o Centro Regional Amazônia do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CRA Inpe); o Centro de Excelência em Eficiência Energética da Amazônia (Ceamazon) e o Espaço Inovação, prédio que abriga laboratórios avançados de pesquisa e desenvolvimento que oferecem serviços variados para os setores público e privado, startups e empresas que tenham por essência o investimento em inovação.

Texto: Ascom - Parque de Ciência e Tecnologia Guamá

Fotos: Divulgação

Fonte: https://ww2.ufpa.br/imprensa/noticia.php?cod=13012